O líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, Raniery Paulino, do MDB, revelou, que a Organização Social (Instituto Acqua), contratada pelo governador João Azevêdo para administrar UPAs no estado da Paraíba, está envolvida em muitas irregularidades.

O Instituto Acqua enfrenta denúncias por suposta participação em esquema de “cartas marcadas” no processo licitatório conduzido pela gestão do prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia de Oliveira Júnior, o Juninho (PPS), para administração do Pronto Atendimento (PA) do Trevo de Alto Laje.

Em outubro de 2018, o vereador do município de Cariacica, professor Elinho (PV), teria recebido informações que poderiam indicar o esquema de “cartas marcadas” no processo licitatório. O parlamentar escreveu cartas de próprio punho em que relata as informações recebidas e o nome da empresa que teoricamente seria a ganhadora da licitação. A carta foi registrada em cartório, com assinaturas de duas testemunhas.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

Wallber Virgolino promete armar guarda municipal de João Pessoa “A Guarda Municipal será um braço armado do município”

O delegado Wallber Virgolino (Patriota), candidato à Prefeitura de João Pessoa, prometeu q…