O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que pretende “produzir dinheiro o suficiente” para mostrar que o governo Bolsonaro não está preocupado com o deficit primário previsto para este ano de R$ 139 bilhões. O valor considera a diferença entre as receitas e despesas do governo, sem considerar o pagamento dos juros da dívida pública.

“Nós vamos levantar caixa o suficiente para ninguém ficar em dúvida. Meta do BNDES: devolver R$ 126 bilhões esse ano porque pedalaram o BNDES então nós vamos despedalar o BNDES. Mais R$ 80 bilhões em privatizações esse ano. Já são R$ 200 bilhões”, afirmou Gurdes.

O economista afirmou ainda que o governo vai “fazer dinheiro sair do chão” citando ainda devoluções a serem feitas pelos bancos Caixa e Banco do Brasil.

“Vem mais R$ 80 bilhões do que eu chamo de instrumento livre de crédito que foram também alavancas para pedalar, pedalaram também na Caixa, pedalaram no Banco do Brasil. A Caixa vai vender subsidiária para me pagar, o BB vai vender subsidiária para me pagar”, completou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Economia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Veja o vídeo: Ministério Público Federal deve abrir inquérito contra Prefeitura da Prata

A utilização de equipamentos fornecidos pelo governo federal aos municípios, por meio do P…