O Governo Federal fechou com sucesso o plano de realizar 23 concessões, incluindo portos, aeroportos e ferrovia, antes dos primeiros 100 dias da gestão do presidente Jair Bolsonaro.

Realizado pelo Ministério da Infraestrutura e Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), o leilão de arrendamento de seis áreas portuárias no Pará – cinco em Miramar, no Porto Organizado de Belém, e uma no Porto de Vila do Conde – confirmou as perspectivas e vai render ao governo R$ 447.929.500 milhões.

Desse total, R$ 111.982.375 milhões serão pagos à vista, na assinatura do contrato, que deve ocorrer até agosto deste ano. O restante será pago em 5 parcelas anuais. Já o investimento previsto em todas as áreas chega a R$ 430 milhões.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Economia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Wallber Virgolino promete investimentos focados na assistência básica e saúde preventiva

O candidato do Patriota à Prefeitura de João Pessoa, Wallber Virgolino, cumpriu agenda de …