Insuficiência renal é a perda súbita da capacidade de os rins filtrarem resíduos, sais e líquidos do sangue. Quem sofre com essa disfunção ou outras doenças que afetam os rins precisam de acompanhamento médico e tratamento específico, ofertados pela Rede Municipal de Saúde aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de João Pessoa, por meio de serviços conveniados.

Para realizar exames e tratamentos renais, os usuários devem ser regulados por meio de sua Unidade de Saúde da Família (USF) de referência. De acordo com a necessidade, o usuário será acompanhado por nefrologistas em serviços especializados ou, dependendo do caso, na própria unidade de saúde.

“Hoje a cidade dispõe de cobertura para todos os pacientes de doenças renais crônicas, na rede municipal de saúde, todavia, o grande desafio é levar a esses pacientes à possibilidade da realização do transplante, já ofertado pelo Hospital Nossa Senhora das Neves, fruto da pactuação entre a Prefeitura Municipal de João Pessoa e o Sistema Único de Saúde”, informou Adalberto Fulgêncio, secretário de saúde.

Atualmente, 642 pacientes estão em tratamento de hemodiálise na Capital. Um dos locais onde o usuário pode receber a assistência com o serviço de nefrologia é o Centro Municipal de Hemodiálise Geraldo Guedes Pereira, onde há 115 pacientes realizando o tratamento de hemodiálise. No Centro, também são realizadas consultas, exames de laboratório exigidos pelo programa de hemodiálise, fístula artério-venosa e implante de cateter para hemodiálise.

O Centro Municipal de Hemodiálise Geraldo Guedes Pereira fica localizado no prédio anexo do Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI). Também têm convênio com o SUS e ofertam assistência com nefrologista o Amip, Hospital São Vicente de Paulo, Nefruza, Unirim, Clinepa e Clínica do Rim.

Procedimento – A hemodiálise é um processo através do qual uma máquina limpa e filtra o sangue, ou seja, auxilia o processo que o rim doente não pode fazer. O procedimento libera o corpo dos resíduos prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e de líquidos, controlando também a pressão arterial e ajudando o corpo a manter o equilíbrio de substâncias como sódio, potássio, ureia e creatinina.

Transplantes – O termo de cooperação entre a Prefeitura Municipal (PMJP), o SUS e o  Hospital Nossa Senhora das Neves, foi assinado em novembro de 2017 para oferecer transplantes de rins e fígado nas instalações da unidade hospitalar de saúde pela rede pública.

Através do credenciamento dos hospitais para o Ministério de Saúde (MS), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a população de João Pessoa que precisar fazer um destes transplantes pode realizar a cirurgia sem se deslocar da Capital. O investimento é de aproximadamente R$ 8 milhões por ano.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

ATITUDE LAMENTÁVEL: Candidata a Vice-Prefeita em Ouro Velho chama à população de ‘Porcos’

A candidata à vice-prefeita na chapa encabeçada pela Irmã Paula, Professora Camila, em sua…