O nível de transparência de estados e municípios brasileiros aumentou cerca de 31% em seis meses, a partir da atuação coordenada do Ministério Público Federal (MPF) em todo o país. Esse é um dos resultados obtidos pelo projeto Ranking Nacional da Transparência , patrocinado pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF.

Na Paraíba, o município da Prata caminha na direção contrária do resto do país. A Prefeitura da Prata ocupa a posição 191 no ranking de transparência do MPF. Destacando-se como a pior cidade do cariri, e uma das piores da Paraíba, com o tratamento dos dados divulgados pela a administração. Todos os 223 municípios paraibanos foram avaliados pelo MPF.

A avaliação se baseou em questionário desenvolvido pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Enccla), que selecionou as principais exigências legais e itens considerados boas práticas. A análise mensura o grau de cumprimento de leis referentes à transparência no Brasil.

Na última avaliação, o município da Prata, na gestão do prefeito Júnior Nóbrega, ficou apenas com a nota 4, em uma escala que vai de zero a dez.

Responsabilização 

Nesses casos, além das ações civis públicas que cobram o cumprimento das leis de transparência, o MPF analisa a possibilidade de responsabilização dos gestores por meio de ações de improbidade administrativa.

O Politica Parahyba entrou em contato com Prefeitura da Prata, mas as ligações não foram atendidas.

Gráficos, comparações e dados completos estão disponíveis no endereço www.rankingdatransparencia.mpf.mp.br .

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

VEJA A NOTA: Sócio do Política Parahyba rebate matéria do Portal Cariri Paraibano

Sócio do Portal Política Parahyba, Gabriel Moura, foi citado em uma matéria do Portal Cari…