O juiz da 27ª Zona Eleitoral decidiu cassar o mandato do prefeito de Taperoá, Jurandi Gouveia Farias, e do vice-prefeito, Francisco Antônio da Silva Filho.

A dupla é acusada de abuso de poder político e econômico, com vários apontamentos de práticas ilícita.

Na decisão, o juiz Carlos Gustavo Guimarães Barreto determinou a realização de novas eleições, após o esgotamento das instância ordinárias eleitorais.

A decisão imputa ao investigado Jurandi Gouveia uma multa no valor de R$ 101 mil. Além da multa, Jurandir ficará inelegível pelos próximos (8) oito anos, a contar da eleição, após o trânsito em julgado da decisão ou em caso de eventual recursos, havendo sua confirmação pelo colegiado da Justiça Eleitoral paraibana.

O presidente da Câmara Municipal de Taperoá, José Macilon Alves Melquíades,  deverá tomar posse interinamente no cargo de prefeito.

 

 

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Judiciário
Comentários estão fechados.

Veja Também

Veja o vídeo: Ministério Público Federal deve abrir inquérito contra Prefeitura da Prata

A utilização de equipamentos fornecidos pelo governo federal aos municípios, por meio do P…