A equipe econômica do governo Jair Bolsonaro deve liberar o saque de contas ativas e inativas do FGTS e liberar recursos do PIS/Pasep como forma de estimular o consumo das famílias e impulsionar a economia.

De acordo com o jornal Valor Econômico, o ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende divulgar nesta quinta-feira (18) as regras para liberação desses recursos. A expectativa é liberar R$ 42 bilhões do FGTS e R$ 21 bilhõesdo PIS/Pasep.

A liberação dos saques do FGTS seria escalonada: quem tem até R$ 5.000 no fundo poderia resgatar 35% do saldo, e quem tem até R$ 10 mil poderia sacar até 30%.

De R$ 10 mil a R$ 50 mil a proporção não teria sido definida e acima de R$ 50 mil, o saque seria de 10% do saldo do FGTS.

Procurados pela reportagem, o Ministério da Economia e a Caixa Econômica Federal disseram, pelas respectivas assessorias de imprensa, que ainda não dispõem de informações oficiais para divulgar.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Economia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Felisardo Moura registra candidatura no TSE pelo Democratas para disputar Prefeitura da Prata

O Democratas (DEM) registrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidatura do poeta …