O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu, soltar o empresário Roberto Santiago, preso no âmbito da Operação Xeque-Mate. A determinação de Toffoli é pela substituição da prisão por medidas cautelares.

“Defiro a liminar para determinar a substituição da prisão preventiva do paciente por medidas cautelares diversas. Comunique-se ao Juízo de origem para que adote as providências de estilo. Após, remetam-se aos autos ao ilustre Ministro Relator para a sua competente reapreciação. Publique-se”, diz a decisão.

Roberto Santiago foi preso no dia 22 de março, por força de um mandado de prisão preventiva, oriundo da 1ª Vara da Comarca de Cabedelo, nos autos do Processo nº 0000026-81.2019.8150731, relacionado à Operação Xeque Mate.  O empresário é acusado de participar do esquema de corrupção e fraudes licitatórias no Município de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Nilvan Ferreira e Pedro Augusto apresentam aos comerciantes projeto de modernização da Feira de Jaguaribe

Nilvan Ferreira (MDB), candidato a prefeito de João Pessoa, o vice, Major Milanez, e o pré…