Depois de entregar a primeira praça 100% inclusiva da Paraíba, a atual gestão da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) inova mais uma vez às vésperas do aniversário de 434 anos da cidade, e autoriza, neste domingo (4), a partir das 9h, a ordem de serviço para a construção da primeira Eco Praça da Capital. O projeto arquitetônico desenvolvido a partir do diálogo com a comunidade inova em sustentabilidade ambiental e será pioneiro no uso de recursos naturais com foco na sustentabilidade e fortalecimento da importância da preservação do meio ambiente junto à sociedade.

Além de seguir o padrão de todas as praças construídas pela atual gestão, contando com Academia da Terceira Idade (ATI), Playground, áreas de convivência, dotados de acessibilidade, o diferencial da Eco Praça Jardim Oceania é que ela também conta com coreto, área para cães, horta comunitária, área para o plantio de novas árvores, será adaptada para a captação de energia solar para garantir sua própria iluminação e o aproveitamento de um poço artesiano para suprir a necessidade de água para o cultivo das árvores frutíferas, plantas ornamentais e da horta comunitária.

O investimento será de R$ 429.966,06 e o equipamento será instalado no Bairro Jardim Oceania, na Avenida Campos Sales. A Eco Praça surgiu a partir de uma ação da própria comunidade que buscou alternativas para uma área que servia apenas para o despejo de lixo domiciliar e entulhos da construção civil. Após diálogo com o Orçamento Participativo (OP) e Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) da PMJP, a iniciativa da Eco Praça, que já contava com a horta de plantas medicinais e avançava com ações educativas e outras atividades, ganhou também um projeto arquitetônico colaborativo desenvolvido entre técnicos da gestão municipal e a comunidade, que agora começará a ser construído.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeita de Ouro Velho parte na frente e autoriza Transição

A Prefeita de Ouro Velho, Natalia de Dr. Junior, autorizou por meio de Decreto Municipal s…