O presidente do Creci-PB, Rômulo Soares, manifestou, durante reunião, integral apoio ao movimento encabeçado pela Associação dos Construtores Civis Leves da Paraíba (ACL), que tem à frente Henrique Holanda, pela retomada por parte do governo federal do programa habitacional Minha Casa Minha Vida.

“Não só garantimos apoio à mobilização, como nos prontificamos a desenvolver um planejamento de ações, com vistas à solução desse problema que afeta diretamente a cadeia produtiva do mercado imobiliário e da construção civil, que é um setor vital para a economia do País”, afirmou.

Concentração

O protesto de advertência da construção civil, como foi denominado o movimento, reunirá às 9h da próxima quinta-feira (15), na Rua Bancário Waldemar de Mesquita Accioly (em frente ao restaurante Novo Oriente), no Conjunto dos Bancários, corretores de imóveis, construtores, correspondentes bancários, clientes, fornecedores de material de construção e de equipamentos.

De lá, uma extensa carreata passará pelas agências da Caixa Econômica Federal no referido bairro e no Campus da UFPB e seguirá pelo bairro do Castelo Branco até a Superintendência da CEF na avenida Epitácio Pessoa, onde haverá grande manifestação de protesto.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Jefferson Kita recorre ao MP contra a realização do Carangafest “Um milhão e meio licitados enquanto falta tudo na cidade”

O presidente da Câmara Municipal de Bayeux, Jefferson Kita, recorreu ao Ministério Público…