A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC) entregou, ao Grupo Marquise, o Alvará de Construção do Shopping Pátio Intermares. Com todas as licenças necessárias, o grupo pode, agora, iniciar o empreendimento, que deve gerar cerca de 4,5 mil empregos e movimentar a economia local.

Um sonho antigo da população, o Shopping deve contar com mais de 200 lojas e 1.400 vagas de estacionamento, em um investimento aproximado de R$ 250 milhões.

“Toda parte burocrática que cabe à Prefeitura foi resolvida. Fizemos um esforço concentrado para liberar as licenças necessárias, o Grupo Marquise também se esforçou para colocar tudo em ordem e, hoje, finalmente, entregamos o Alvará de Construção. A partir de agora, cabe ao Grupo tornar esse sonho realidade. A Prefeitura fez sua parte, cumpriu com o prometido e torce para que o Shopping chegue e, com ele, o desenvolvimento, os empregos e a geração de renda para os cabedelenses. Esse estabelecimento será histórico para a nossa cidade e só vai trazer coisas boas. Cabedelo merece”, destacou o prefeito Vitor Hugo.

O representante do Grupo Marquise, o superintendente da Rede Tambaú de Comunicação, André Vajas, destacou o momento histórico para o grupo e para Cabedelo, e explicou os próximos passos a partir de agora. Vajas ainda ressaltou o comprometimento da gestão atual com o desenvolvimento da cidade.

“Sabemos da importância desse tipo de empreendimento diante da gravidade que vivemos no país em termos de emprego. Esse momento não seria possível sem a lisura, sem a competência que a gestão municipal vem impondo na administração. Cabedelo está um canteiro de obras e creio que esse mesmo ritmo está sendo imposto na saúde e na educação, coisas superimportante na vida de qualquer cidadão. O grupo tem um compromisso com a cidade e nosso desejo é iniciar a obra tão logo concluirmos alguns tratativas junto a órgãos federais”.

O Shopping Pátio Intermares deve contar com 54 mil m² , ocupados por lojas, quiosques e outros estabelecimentos comerciais e de serviços.

Já na etapa de construção, o empreendimento deve gerar cerca de 600 empregos. Quando inaugurado e começar a funcionar deve proporcionar cerca de 4.500 ocupações  Estima-se que o faturamento anual gire em torno dos R$ 600 milhões, o que proporcionaria uma receita em impostos da ordem de R$ 75 milhões para os cofres públicos de Cabedelo e do Estado da Paraíba.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

CCJ aprova PL de Efraim Filho que dispensa licitação para contratação de advogados e contadores

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou proposta que permite a dispen…