O ex-presidente Lula (PT) enviou uma carta ao presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para agradecer ao apoio recebido no dia em que a Justiça tentou efetuar sua transferência para o presídio de Tremembé, no interior de São Paulo.

Na ocasião, Maia ofereceu apoio à bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) e chegou a segurar o andamento votação da reforma da Previdência para que os deputados discutissem a questão com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli.

Enquanto julgou acertada a decisão do STF de cancelar a transferência de Lula, segundo o site Congresso em Foco, o presidente da Câmara acrescentou.

É preciso respeito às nossas leis e à Constituição. Quando sentei na cadeira da presidência novamente, disse que seria também um dos 513. Agradeço a todos.” relatou Maia.

Antes de encerrar a carta enviando saudações democráticas a Maia, Lula declarou.

“Assisti a uma oportuna e inequívoca demonstração de defesa das garantias individuais e do Estado Democrático de Direito. Com fé no Brasil e a certeza de que ainda vamos reencontrar a Justiça, a prosperidade e a paz, a agradeço o gesto de solidariedade.” finalizou o ex-presidente.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Candidatos a vereador rompem com Micheila Henrique e anunciam apoio a Anna Lorena, em Monteiro

A candidatura à reeleição da prefeita Anna Lorena (PL) não para de receber adesões. Neste …