O conflito interno vivido pelo PSB-PB tem dividido opiniões de integrantes da sigla. Há quem defenda a permanência de Edvaldo Rosas da presidência estadual da legenda, mas há também aqueles que preferem que o líder ocupe a cadeira de secretário de João Azevêdo para que o ex-governador Ricardo Coutinho chefie o diretório estadual.

O senador Veneziano Vital do Rêgo, recebido pela sigla em 2018, garantiu se empenhar em manter seus correligionários unidos para que a Paraíba prossiga prosperando com o projeto liderado pelo seu partido.

“Nós precisamos estar unidos em torno desse projeto de Governo levando em consideração o bom trabalho de Ricardo Coutinho e João Azevedo.”

Vené acrescentou ainda que “não há justificativa para que nos desentendamos. Trabalharei para que não haja desavença interna”.

O senador declarou que o presidente do PSB, Edivaldo Rosas, se mostrou um líder de muito valor nos últimos anos.

“Edvaldo Rosas tem se mostrado ao longo dos últimos 15 anos uma pessoa dedicada, valorosa, devotada às questões do partido e agora assume uma outra função numa secretaria do Governo. Trabalharei para que não haja cizânia.”

 

Politica Parahyba

com PB Agora

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

25 MIL REAIS: Justiça aplica multa à coligação de Genivaldo Tembório

A COLIGAÇÃO “O TRABALHO CONTINUA” (PDT-PL-CIDADANIA-PCdoB), mais uma vez foi multada pela …