Os imbróglios na Prefeitura de Patos começaram em 2018, quando o prefeito eleito em 2016 na cidade, Dinaldinho Wanderley (PSDB), foi afastado por decisão do Tribunal de Justiça do Estado (TJPB).

Depois desse afastamento, quem assumiu a gestão de Patos foi o vice, Bonifácio Rocha (PPS). Porém, a gestão do vice não durou muito e em abril de 2019, ele renunciou ao cargo, dando lugar a Sales Júnior.

Na tarde de hoje, o prefeito em exercício do município de Patos, Sales Júnior (PRB), renunciou ao cargo. A carta renúncia foi protocolada durante a tarde na Câmara de Vereadores do município sertanejo. Sales Júnior é o 3ª prefeito de Patos que passou pelo cargo desde a eleição municipal de 2016.

Com a renuncia de Sales Júnior, quem deve assumir a prefeitura é a presidente da Câmara de Vereadores de Patos, Valtide Paulino Santos (PMDB), conhecida como Tide Eduardo. Caso ela não queira assumir o cargo, a Câmara de Vereador vai abrir uma eleição indireta, com votação interna.

VEJA A INTEGRA DA CARTA RENÚNCIA DO PREFEITO INTERINO, SALES JÚNIOR;

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

ÁUDIO: Genivaldo Tembório intermedia doação de terrenos e deve virar alvo de representação por uso da maquina pública para fins eleitorais

O candidato a prefeito pela coligação ‘O trabalho continua’, Genivaldo Tembório (Cidadania…