A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), firmou parceria com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba (Creci-PB), no combate à poluição nas áreas públicas da cidade. Após reunião realizada no mês de junho, membros do Conselho procuraram a Sedurb para firmar o compromisso.

Estiveram presentes na ocasião o secretário de Desenvolvimento Urbano, Zennedy Bezerra, acompanhado da assessoria jurídica e de gabinete, e o presidente do Creci, Rômulo Soares de Lima, acompanhado de membros do Conselho. Na ocasião, foi firmado o compromisso de coibir as publicidades e/ou anúncios de veiculação de aluguéis de imóveis que estão sendo colocados por empresas e/ou corretores de imóveis nas áreas públicas, passeios e calçadas, bem como nos postes de distribuição de rede elétrica e iluminação pública. No acordo, ficou estabelecido um prazo de 30 dias.

Para a Sedurb, esse trabalho colaborativo chega num momento de extrema importância para as ações que vem sendo executadas desde o início do ano. “Estamos num ritmo intenso de ação de combate à poluição visual e em diálogo permanente com as partes envolvidas. Já avançamos na questão dos outdoors irregulares junto às empresas responsáveis por esse tipo de publicidade, temos realizado notificações no que diz respeito a anúncios nos postes da cidade e, perceber a receptividade de órgãos como o Creci, é fundamental. Mostra que a sociedade civil organizada está disposta a cooperar com as ações de ordenamento urbano da PMJP”, ressaltou Zennedy Bezerra.

Segundo o presidente do Creci, a parceria é de extrema importância para garantia do ordenamento urbano da cidade. “Nós temos hoje na Paraíba oito mil corretores de imóveis autônomos e cerca de 850 empresas imobiliárias. João Pessoa tem aproximadamente 70% desse universo. O Creci tem buscado parcerias e termos de compromisso com todos os órgãos, no caso da PMJP, em particular a Sedurb, nós estamos querendo fazer um trabalho pedagógico, orientador a todos os corretores e empresas da Capital, para que respeitem o Código de Postura. Não se pode utilizar o passeio público nem os postes para fazer publicidade, então a Prefeitura concedeu prazo de 30 dias para adequação. Vamos orientar a categoria e, no período, não haverá multa, nem apreensão de material”, destacou Rômulo Soares de Lima, presidente do Creci-PB.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Ricardo Coutinho destaca potencial do turismo religioso de João Pessoa e se compromete a construir um grande Espaço Gospel

Além de ter um dos litorais mais bonitos do Brasil, João Pessoa guarda alguns dos mais val…