Cinco empresários presos na segunda fase da Operação Famintos, em Campina Grande, foram liberados. De acordo com a Justiça Federal, um dos empresários já havia sido liberado no sábado (24) e mais quatro deles foram liberados na manhã desta terça-feira (27). Os cinco investigados na operação haviam sido alvos de mandados de prisão temporária na última quinta-feira (22).

Conforme a Justiça Federal, Roberto Alves Pinheiro, um dos alvos na segunda fase da operação, foi o primeiro a ser liberado, no sábado. Os outros quatro empresários soltos na manhã desta terça-feira foram Liselício de Brito Júnior, André Nunes de Oliveira Lacet, Severino França de Macedo Neto e Edna Iara dos Santos.

A segunda fase da Operação Famintos prendeu ainda, preventivamente, outros três investigados: o vereador mais votado da cidade nas últimas eleições, Renan Maracajá (PSDC), e os empresários Angelo Felizardo do Nascimento e Pablo Alysson Leite Diniz. Os três continuam detidos por tempo indeterminado. Todos os mandados, tanto de prisão temporária como preventiva, foram expedidos pela 4ª Vara da Justiça Federal em Campina Grande.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Judiciário
Comentários estão fechados.

Veja Também

Ministério Público Eleitoral pede arquivamento de denúncia contra Dr.Augusto Valadares

O Promotor Eleitoral de Sumé, Dr. Bruno Leonardo Lins, representante do Ministério Público…