Home Notícias Orlando Vilar é o preferido de Jair Bolsonaro para suceder Margareth Diniz na UFPB

Orlando Vilar é o preferido de Jair Bolsonaro para suceder Margareth Diniz na UFPB

O atual pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários e pré-candidato a reitor da UFPB, o professor Orlando Vilar, é o nome favorito do presidente da republica para suceder Margareth Diniz, na Universidade Federal da Paraíba.

O detalhe da próxima eleição, é que Orlando sequer precisa ser o mais votado, já que o presidente Jair Bolsonaro, recentemente, quebrou a tradição de indicar o primeiro lugar da lista tríplice, como sempre aconteceu nos governos do Partido dos Trabalhadores (PT)

Na eleição, o professor Orlando precisaria figurar apenas entre os três mais votados, pois já conta com a simpatia de aliados do presidente no estado e que bancariam a escolha junto ao presidente.

No entanto, é preciso destacar que Orlando não é um qualquer e tem voto e prestígio na comunidade acadêmica. O professor disputou a eleição para reitor em 2004, vencendo o primeiro turno. Porém, foi derrotado no segundo turno por uma diferença de 1% para Rômulo Polari, que contara com o apoio do atual reitor à época.

As eleições da Universidade Federal da Paraíba devem ocorrer entre abril e maio de 2020 e já começa a movimentar os bastidores na instituição de ensino.

De acordo com informações de bastidores, a atual reitora Margareth Diniz tentou convencer o professor Luciano Mariz (CCJ) a ser candidato, mas sem sucesso. O plano B de Margareth seria Aluísio Souto, atual pró-reitor de Administração.

A vice-reitora Bernardina Freire também pode disputar a eleição, mas tudo indica que ela deverá romper com o grupo da atual reitora Margareth Diniz nos próximos messes.

Na chapa de Orlando Villar, figuram como favoritos para vice-reitor os nomes de João Euclides (diretor do CCS) e Rosimar de Castro (H.U).

No campo da esquerda, a candidatura mais provável é da professora Mônica Nóbrega (CCHLA), mas sem a mínima perspectiva de sucesso, já que Bolsonaro vem desrespeitando a democracia interna nas universidades federais.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Sintur-JP detecta mais de 15 mil acessos irregulares nos ônibus, no mês de agosto

Durante o mês de agosto, o sistema da biometria facial, que opera nos ônibus da capital, e…