O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, enviou um claro recado à construção civil: o programa “Minha Casa, Minha Vida” vai passar por alterações.

“O programa será repaginado”, afirmou Canuto, segundo o Paraná Portal.

Já Carlos da Costa, secretário de Produtividade do Ministério da Economia, afirmou que a crise só não foi pior por causa do MCMV, que ele classificou como “um dos poucos programas que trouxe bons resultados”.

“Mas, quando falamos no futuro da construção brasileira, passamos pelo financiamento privado”, acrescentou.

Nenhum dos integrantes do governo federal deu qualquer pista do que seria essa transformação no MCMV.

O ministro Canuto afirmou que a proposta será entregue até novembro ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Felisardo Moura registra candidatura no TSE pelo Democratas para disputar Prefeitura da Prata

O Democratas (DEM) registrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidatura do poeta …