Moradores do sítio Gabriel, na zona rural de Prata, estão convivendo com a falta de água há cerca de um ano. Durante esse período, os moradores estão retirando água através de um açude que fica próximo a localidade, mas a situação tende a se agravar nos próximos meses, pois o açude está praticamente seco.

“A gente não tem água, os carros não estão mais passando por aqui, suspenderam o serviço de carro-pipa. Sabemos que temos que conviver com a seca, mas precisamos de alternativas. Fui várias a prefeitura de Prata, solicitar um carro-pipa para a comunidade, mas nunca atenderam nosso pedido. Já pedi várias vezes uma audiência com o prefeito Júnior de Nôta, para relatar nossa situação, mas nossa solicitação também não foi atendida”, reclama um morador.

Como a falta de água tem atingido toda comunidade, vizinhos estão compartilhando o pouco de água que resta em um açude, mas ainda assim, algumas famílias precisam comprar água para suprir as necessidades.

Outro morador contou que durante um ano em que convive com o problema já fez algumas queixas para a prefeitura, mas que ouve sempre as mesmas respostas. “Dizem que vão resolver o problema e nunca resolvem. Disseram que iam mandar o carro-pipa desde do ano passado, e até hoje espero.”, denunciou.

Veja vídeos:

 

O que dizem os citados

A redação do Política Parahyba tentou entrar em contato com a Prefeitura de Prata e com a assessoria do Prefeito, Júnior Nóbrega, mas as ligações não foram atendidas.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Justiça intima grupo de Genivaldo Tembório à retirar pesquisa fake das redes sociais

Na tarde da última quinta-feira (22), a Coligação Mudar Para Crescer que tem como candidat…