O empresário Henrique Valladares, um dos delatores da Operação Lava Jato, foi encontrado morto, nesta terça-feira (17), em seu apartamento no Rio de Janeiro.

Valladares foi vice-presidente da empreiteira Odebrecht durante anos. Em uma de suas delações premiadas, relatou ter pago R$ 50 milhões ao tucano Aécio Neves depositados em contas no exterior.

O empresário também afirmou aos investigadores ter recebido uma cobrança de propina pedida a ele pelo senador Edison Lobão (MDB-MA), no governo de Dilma Rousseff (PT)

Em ambos os casos, a Odebrecht queria como retribuição facilidades na área de energia. A causa da morte ainda não foi divulgada.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeita Anna Lorena entrega reforma e modernização do CEO, Centro de Especialidades Odontológicas

A Prefeita de Monteiro Anna Lorena entregou na manhã desta quarta feira, 02, mais uma obra…