Alvo de uma operação da Polícia Federal (PF), nesta quinta-feira (19), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) colocou seu posto de líder do governo no Senado à disposição do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O parlamentar conversou por telefone com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na manhã de hoje, após a PF lançar operação baseada em inquérito que apura irregularidades em obras da transposição do Rio São Francisco no período em que Bezerra foi ministro da Integração, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

O Palácio do Planalto ainda não confirmou se vai trocar o líder.

Em conversa com jornalistas na porta do prédio onde mora em Brasília, Bezerra declarou:

“Eu já conversei pela manhã, com o presidente [do Senado] Davi Alcolumbre e conversei com o ministro da Casa Civil da Presidência da República, o ministro Onyx [Lorenzoni]. E tomei a inciativa de colocar à disposição o cargo de líder do governo, para que o governo possa, ao longo dos próximos dias, fazer uma avaliação se não seria o momento de proceder a uma nova escolha, ou não.”

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeitura de Monteiro realiza mutirão de testes para Covid-19

A Prefeitura de Monteiro promoveu no último sábado, através da Secretaria de Saúde por mei…