A tentativa do deputado Bibo Nunes, do PSL do Rio Grande do Sul, de levar Jair Bolsonaro para o Patriota causou insatisfação dentro de seu partido atual.

Presidente interino do PSL, Julian Lemos (PSL-PB) afirmou que o deputado “blefa” quando diz que 30 deputados do PSL deixariam a sigla por conta de insatisfações.

“O Bolsonaro, com um partido fortíssimo, vai fazer o que num partido nanico? É uma questão de insanidade. É especulação barata”, disse Julian.

O paraibano também afirmou que a tentativa do colega de tirar Bolsonaro do PSL começou quando Bibo perdeu o controle do diretório do Rio Grande do Sul.

“Desde que o deputado perdeu o controle do PSL no seu estado, ele promove o seu autoisolamento, desferindo declarações inconsequentes e desproporcionais, com o intuito de desestabilizar a legenda”. Finalizou o deputado.

Lemos deve levar o assunto a Bolsonaro até sexta-feira.

O deputado também ameaçou, se Bibo Nunes continuar a “atacar o partido”, acionar o conselho de ética do PSL.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

VEJA OS BENS DECLARADOS: Candidato a prefeito da Prata, Genivaldo Tembório é um dos mais ricos da região do cariri

O candidato a prefeito da prefeito da Prata, Genivaldo Tembório, declarou de bens a justiç…