O ex-procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, afirmou que o ex-ministro Antonio Palocci prometeu “entregar” cinco ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em um eventual acordo de delação na Operação Lava Jato.

Em entrevista à revista Veja, divulgada nesta quinta-feira (26), Janot declarou que o ex-ministro Antônio Palloci disse que iria entregar uns ministros do STF.

“Na primeira vez em que o ex-ministro Antonio Palocci tentou fechar uma delação com a gente, disse que iria entregar uns ministros do STF. Ele citou a Rosa Weber, o Luiz Fux, o Fachin, mas era igual a biscoito de polvilho, só fazia barulho.”

Janot ainda acusou o ex-presidente Michel Temer (MDB) e o atual deputado federal Aécio Neves (PSDB) de terem oferecido cargos a ele em troca da paralisação das investigações da Lava Jato.

O ex-PGR também disse que chegou a ir armado a uma sessão do STF com a intenção de matar a tiros o ministro Gilmar Mendes:

“Não ia ser ameaça não. Ia ser assassinato mesmo. Ia matar ele [Gilmar Medes] e depois me suicidar.”

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Candidatos a vereador rompem com Micheila Henrique e anunciam apoio a Anna Lorena, em Monteiro

A candidatura à reeleição da prefeita Anna Lorena (PL) não para de receber adesões. Neste …