A Comissão de Educação, Cultura e Desportos da Assembleia Legislativa da Paraíba, aprovou, o Projeto de Lei 224/2019, de autoria do presidente da Casa, deputado Adriano Galdino (PSB), que assegura aos transplantados e aos doadores, caso o órgão tenha sido retirado em vida, a gratuidade em eventos de esporte, cultura, lazer e entretenimento realizados no Estado. Ao todo, a comissão apreciou 31 matérias.

Segundo Adriano Galdino, o objetivo da propositura é oferecer alegria aos beneficiados. “A ideia de oferecer o livre acesso é proporcionar entretenimento e incentivar a prática desta atitude de amor. Na Paraíba, até novembro do ano passado, cerca de 700 pessoas estavam na fila de espera por transplante de algum órgão. Apresentamos o projeto por entender que é de grande relevância e de alcance social”, ressaltou o parlamentar.

Os membros da comissão também aprovaram o projeto 583/2019, do deputado Edmilson Soares, que dispõe sobre a liberação do comércio e do consumo de bebida alcoólica em estádios e arenas na Paraíba. Também foi aprovado o projeto 570/2019, da deputada Cida Ramos, que considera o Bloco Cafuçu, realizado no município de João Pessoa, como Patrimônio Cultural e Imaterial do estado.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Legislativo
Comentários estão fechados.

Veja Também

Câmara Federal aprova em 1º turno PEC do ex-senador Cássio que cria a Polícia Penal

A Câmara dos Deputados aprovou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) de 2017, de aut…