A Comissão de Educação, Cultura e Desportos da Assembleia Legislativa da Paraíba, aprovou, o Projeto de Lei 224/2019, de autoria do presidente da Casa, deputado Adriano Galdino (PSB), que assegura aos transplantados e aos doadores, caso o órgão tenha sido retirado em vida, a gratuidade em eventos de esporte, cultura, lazer e entretenimento realizados no Estado. Ao todo, a comissão apreciou 31 matérias.

Segundo Adriano Galdino, o objetivo da propositura é oferecer alegria aos beneficiados. “A ideia de oferecer o livre acesso é proporcionar entretenimento e incentivar a prática desta atitude de amor. Na Paraíba, até novembro do ano passado, cerca de 700 pessoas estavam na fila de espera por transplante de algum órgão. Apresentamos o projeto por entender que é de grande relevância e de alcance social”, ressaltou o parlamentar.

Os membros da comissão também aprovaram o projeto 583/2019, do deputado Edmilson Soares, que dispõe sobre a liberação do comércio e do consumo de bebida alcoólica em estádios e arenas na Paraíba. Também foi aprovado o projeto 570/2019, da deputada Cida Ramos, que considera o Bloco Cafuçu, realizado no município de João Pessoa, como Patrimônio Cultural e Imaterial do estado.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Legislativo
Comentários estão fechados.

Veja Também

Procuradoria da ALPB emitirá parecer favorável a impeachment de João Azevêdo

A Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa da Paraíba, deverá emitir nos próximos dias…