O prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, informou através de nota que não mantém nenhum contrato com a empresa investigada na na 5ª fase da operação Xeque-Mate. “As licitações sob investigação ocorreram durante a administração do ex-prefeito, Leto Viana”, afirma a Prefeitura em nota.

Hoje, nas redes sociais, circularam prints retirados do Sagres mostrando que a prefeitura de Cabedelo, durante a gestão de Vítor Hugo, efetuou compra a uma empresa chamada Allmed. Contudo, a gestão informou que não se trata da mesma firma investigada pela Polícia Federal durante a gestão de Leto Viana.

“As licitações investigadas dizem respeito à gestão anterior, conforme confirmado pelo próprio delegado da Polícia Federal. São empresas diferentes, até a cidade sede é diferente”, respondeu a assessoria da prefeitura de Cabedelo.

 

Veja íntegra da nota da Prefeitura de Cabedelo

A Prefeitura Municipal de Cabedelo vem a público esclarecer que não mantém nehum contrato vigente com a empresa investigada na 5ª fase da operação Xeque-Mate.

As licitações sob investigação ocorreram durante a administração do ex-prefeito, Leto Viana.

A atual gestão reitera o compromisso com a transparência de seus atos administrativos e se coloca à inteira disposição da Justiça e dos órgãos fiscalizadores para colaborar com as investigações no que for preciso.

 

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Câmara Federal aprova em 1º turno PEC do ex-senador Cássio que cria a Polícia Penal

A Câmara dos Deputados aprovou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) de 2017, de aut…