Home Judiciário Hangar do Governo da PB no aeroporto Castro Pinto foi utilizado para trazer propina em avião particular

Hangar do Governo da PB no aeroporto Castro Pinto foi utilizado para trazer propina em avião particular

O hangar do Governo do Estado da Paraíba, no aeroporto Castro Pinto, na Grande João Pessoa, foi utilizado criminosamente para que o ex-secretário de estado, Ivan Burity, trouxesse, em duas viagens em avião particular, dinheiro de propina, em valores de R$ 3 milhões entre os anos de 2012 e 2014, durante a gestão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

A revelação está no despacho do desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça, responsável pela Operação Calvário, nos casos de investigados com foro por prerrogativa de função.

As revelações foram dadas com detalhes pelo ex-assessor da secretaria de Administração do Governo do Estado da Paraíba, Leandro Nunes de Azevedo, que assinou acordo de colaboração premiada no processo da Operação Calvário.

Leandro Nunes de Azevedo foi o primeiro integrante do Governo do Estado da Paraíba preso na Operação Calvário em fevereiro deste ano de 2019.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Judiciário
Comentários estão fechados.

Veja Também

Câmara Federal aprova em 1º turno PEC do ex-senador Cássio que cria a Polícia Penal

A Câmara dos Deputados aprovou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) de 2017, de aut…