A deputada paraibana Doutora Paula exonerou um de seus assessores, após ele ser acusado de assédio sexual e de divulgar nas redes um vídeo íntimo da mulher assediada. O assessor foi exonerado há cerca de 20 dias do gabinete da deputada na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

A exoneração ganhou repercussão apenas na cidade Cajazeiras, onde se encontra a principal base parlamentar e a onde o assessor que não teve o nome divulgado foi dispensado.

A vítima do assédio seria uma colega de trabalho do assessor, e a vítima teria relatado o problema à deputada.

 

Fonte: Click PB

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Felisardo Moura registra candidatura no TSE pelo Democratas para disputar Prefeitura da Prata

O Democratas (DEM) registrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidatura do poeta …