O deputado estadual Wallber Virgolino (PSL) reagiu a moção de solidariedade aprovada pelo diretório estadual do Partido dos Trabalhadores ao ex-governador Ricardo Coutinho.

Se referindo à Operação Calvário, o Partido dos Trabalhadores afirmou que Ricardo Coutinho “vem sofrendo ataques injustos de grande parte da imprensa e de políticos que tiveram seu coronelismo derrotado, nas urnas, pelo povo paraibano”.

Para Wallber Virgolino, chega a ser vergonhoso um partido corrupto como o PT falar em justiça e prestar solidariedade ao gestor do governo que operou o do maior esquema de corrupção, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro da história da Paraíba. “São os sujos defendendo os mal lavados”, ironizou o parlamentar.

Veja a íntegra da Moção de solidariedade do PT a Ricardo Coutinho

O PT externamos a nossa total e irrestrita solidariedade ao ex-governador Ricardo Coutinho, que vem sofrendo ataques injustos de grande parte da imprensa e de políticos que tiveram seu coronelismo derrotado, nas urnas, pelo povo paraibano.

O ex-governador, Ricardo Coutinho, vem sendo crucificado, sem nem mesmo ser citado na Operação Calvário, numa clara campanha patrocinada – em grande parte da mídia -, e em blogs isolados financiados pelos coronéis políticos decaídos.

Esse julgamento público, contra Ricardo Coutinho, infundado, sem provas e injusto, tem o objetivo de tentar confundir a opinião pública sobre a figura do melhor gestor que a Paraíba já teve como governador. É aquela velha tática de comunicação de guerra nazista, de que uma mentira dita várias vezes vira verdade.

Nós, assim como a grande maioria do povo paraibano e brasileiro, sabemos que Ricardo Coutinho, mesmo fora do poder público, representa uma ameaça para a direita conservadora e para os políticos que se perpetuaram no poder, dando tapinhas nas costas do povo e com palavras bonitas, sem ações concretas.

O cenário que envolve o ex-governador é semelhante ao que está em torno do companheiro Lula. No cenário nacional, temos o maior líder popular e melhor presidente que o Brasil já teve preso injustamente, simplesmente, pelo fato dele ter potencial suficiente para ser eleito de novo.

Assim também acontece no cenário estadual, com Ricardo Coutinho. A memória de serviços prestados à população, tanto como prefeito, quanto como governador, é um divisor na história política e administrativa da Paraíba.

A posição política de Ricardo Coutinho, contra o golpe sofrido pela presidenta Dilma e em defesa de Lula, é outro fator que aguça a ira do conservadorismo político paraibano e da ultradireita bolsonariana, no cenário nacional. Diante de tudo isso, Ricardo se fortaleceu como uma liderança política estadual e nacional, o que representa uma ameaça política para os que defendem governos voltados para as elites.

Portanto, nós, o PT, estamos firmes na defesa desse companheiro que esteve e continua defendendo, de forma forte e firme, os ideais do nosso partido, mesmo não sendo petista. Por isso, repudiamos de forma incontestável todas e quaisquer acusações sem provas, contra o ex-governador Ricardo Coutinho, em relação à operação Calvário.

Joao Pessoa,19 de outubro de 2019

7° Congresso Etapa Estadual do PT

 

 

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

Justiça intima grupo de Genivaldo Tembório à retirar pesquisa fake das redes sociais

Na tarde da última quinta-feira (22), a Coligação Mudar Para Crescer que tem como candidat…