O Ministério Público da Paraíba abriu um inquérito civil para investigar pelo menos cinco servidores “fantasmas” na Prefeitura de Pedra Branca, no Sertão da Paraíba. De acordo com a denúncia apresentada ao MPPB, entre um dos servidores está uma funcionária que ocupa o cargo de coveira em um cemitério da cidade e que recebia salário sem trabalhar. Além da coveira, o pai do atual prefeito, Allan Feliphe Bastos de Sousa, também é citado como um possível servidor “fantasma”.

O prefeito negou a existência dos servidores fantasmas e disse que setores da oposição teriam criado a denúncia para tentar atrapalhar a administração municipal. “Eu jamais deixaria que isso acontecesse. Todos os servidores citados trabalham na prefeitura e são efetivos. Todos prestam serviço. Meu pai, por exemplo, é professor efetivo e está à disposição do Gabinete porque já foi prefeito e vereador da cidade e é uma pessoa com experiência administrativa”, afirmou Allan Feliphe.

Sobre a coveira citada na denúncia, o prefeito informou que a servidora fica encarregada de encaminhar as certidões e os sepultamentos que acontecem na cidade. “Ela trabalha sim e toma conta de toda a papelada de certidões na hora em que uma pessoa morre”, argumentou.

Segundo a denúncia apresentado ao Ministério Público, os servidores “fantasmas” recebiam sem prestar serviços ao município. O documento apresenta pelo menos cinco pessoas: os servidores Josemário Bastos de Sousa, que trabalharia em uma fábrica do tio do prefeito; o professor Antônio Bastos Sobrinho, pai de Allan Feliphe; a servidora Ivonete Bezerra Florentino, citada como coveira; Sabino Pereira, vigilante; e Reginaldo Silva, telefonista.

Ainda conforme o documento, a investigação teve início com a instauração de um Procedimento Investigatório Criminal, assinado pelo subprocurador-geral de Justiça Alcides Orlando de Moura Jansen.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Judiciário
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeita de Ouro Velho parte na frente e autoriza Transição

A Prefeita de Ouro Velho, Natalia de Dr. Junior, autorizou por meio de Decreto Municipal s…