Segundo Jair Bolsonaro, a declaração de Eduardo sobre novo AI-5 se referia a uma situação “hipotética” de o Brasil viver protestos semelhantes aos do Chile.

“Ele fez uma comparação hipotética, se o que está acontecendo no Chile viesse para o Brasil. No lugar dele, eu diria que deveríamos mudar a lei que trata do terrorismo, que está tramitando na Câmara, para que esses atos, incendiar metrô, prédios, sejam enquadrados como se terrorismo fossem”, disse o presidente.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

ÁUDIO: Genivaldo Tembório intermedia doação de terrenos e deve virar alvo de representação por uso da maquina pública para fins eleitorais

O candidato a prefeito pela coligação ‘O trabalho continua’, Genivaldo Tembório (Cidadania…