A vereadora Luciene de Fofinho apresentou voto de repúdio ao prefeito Berg Lima pelo veto ao Projeto de Lei n° 33/2018, de autoria do vereador Netinho Figueiredo, que versa sobre a criação do Plano Municipal de Prevenção ao Suicídio.

Segundo texto assinado pelo prefeito, o projeto é inconstitucional por ser “contrário ao interesse público”.

Por outro lado, a vereadora Luciene de Fofinho repudiou o veto apresentado pelo gestor e chamou atenção para a importância da inciativa, que visa prevenir e combater um dos maiores problemas de saúde pública da atualidade, haja vista ao número de pessoas que cometido suicídio, desencadeado por problemas causados, em quase sua totalidade, pela depressão, o que torna a matéria ainda mais importante enquanto política pública voltada para a população.

“Hoje apresentamos um voto de repúdio por conta de um veto do prefeito, onde ele deveria dar mais atenção a esta importante temática. Mas ele simplesmente desconsiderou e vetou um projeto de interesse público. Repudio essa omissão do Poder Executivo com um problema tão grave e que tanto mal tem causado”, declarou Luciene.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Legislativo
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeita de Ouro Velho parte na frente e autoriza Transição

A Prefeita de Ouro Velho, Natalia de Dr. Junior, autorizou por meio de Decreto Municipal s…