O deputado federal e presidente da Comissão de Educação, Pedro Cunha Lima (PSDB-PB), é um dos responsáveis pela criação da Comissão Externa Temporária destinada a acompanhar a execução pelo Governo Federal de políticas públicas voltadas para a Primeira Infância. A Comissão foi criada pela Mesa da Câmara dos Deputados e também é composta pelos seguintes parlamentares: Professora Dorinha (DEM/TO), Idilvan Alencar (PDT/CE), Leandre (PV/PR), Paula Belmonte (Cidadania/DF) e Adriana Ventura (Novo/SP).

Pedro é defensor de investimentos na primeira infância, pois destaca que essa é a fase mais importante da formação de um cidadão e precisa de mais investimento. O tucano lembra que atualmente, apenas 34,1% das crianças entre 0 e 3 anos estão matriculadas na creche. O levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que das 10,1 milhões crianças nessa faixa etária, 6,7 milhões estão fora das creches. Entre as famílias mais pobres, esse percentual cai para 26% que têm acesso as vagas.

A Comissão criada irá elaborar diligências externas; requerer informações e promover o acompanhamento e execução das Políticas Públicas voltadas para a Primeira Infância; e acompanhar o desenvolvimento dos programas e projetos do Poder Executivo; a implementação do Biênio da Primeira Infância; a destinação e aplicação dos recursos destinados pelo Supremo Tribunal Federal, oriundos do acordo firmado pela Empresa PETROBRAS, que destinou e R$ 1 bilhão para a educação infantil e R$ 250 milhões para o Programa Criança Feliz.

A primeira infância é o período que vai do nascimento aos seis anos de idade. É nos primeiros anos de vida em que o cérebro, se estimulado adequadamente, atingirá o seu potencial máximo de aprendizado. Nesta fase, o cérebro da criança é moldado a partir das experiências vivenciadas no ambiente familiar.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Presidente do TSE alerta sobre cuidados sanitários na campanha e pede debate sem ódio e sem mentiras

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, alertou …