A Executiva Nacional do Partido Social Liberal (PSL) decidiu, nesta quarta-feira (27), pela suspensão de 14 deputados da legenda.

A informação é do vice-presidente da legenda, deputado Junior Bozella (PSL-SP), que falou ao final de uma reunião de cúpula.

Entretanto, para que tenha validade, a punição precisa ser referendada pelo Diretório Nacional do partido.

A executiva nacional do PSL se reunirá na próxima segunda (2) para tratar do assunto.

Segundo o portal G1, os deputados com indicação de suspensão são:

  1. Bibo Nunes: 12 meses
  2. Alê Silva: 12 meses
  3. Bia Kicis: 6 meses
  4. Carla Zambelli: 6 meses
  5. Carlos Jordy: 7 meses
  6. Daniel Silveira: 12 meses
  7. Eduardo Bolsonaro: 12 meses
  8. General Girão: 3 meses
  9. Filipe Barros: 6 meses
  10. Junio Amaral: 3 meses
  11. Luiz Philippe de Órleans e Bragança: 3 meses
  12. Márcio Labre: 6 meses
  13. Sanderson: 10 meses
  14. Vitor Hugo: 7 meses

Quatorze parlamentares são alvos de processo no Conselho de Ética do partido.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

PSDB vai instaurar procedimento para expulsar prefeito da Paraíba flagrado com dinheiro na cueca

O PSDB nacional decidiu instaurar um procedimento ético-disciplinar contra o prefeito da c…