Deputado de primeira viagem quer fazer a diferença na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Mesmo sem nunca ter exercido cargos no legislativo, está centrado em defender seus ideais, os interesses de suas bases de atuação e, apesar de estar estreando na atividade legislativa, se sente em casa no exercício do mandato.

Os dez primeiros meses de atuação na Casa de Epitácio Pessoa não serviram apenas de aprendizado, mas para atuar ativamente como parlamentar, contribuindo de forma efetiva para o aumento da produtividade, com a apresentação de centenas de matérias.

Para o deputado Wallber Virgolino, a atuação parlamentar vem sendo é uma experiência impar. “Eu venho da Polícia Civil, do Poder Executivo, onde havia ordem e hierarquia que mitigava minha atuação. Na qualidade de delegado eu só fazia o que a calasse política queria. Hoje eu sou o político, eu tenho independência, eu tenho autonomia, eu tenho acima de tudo prerrogativas que me garantem eu me expressar, dar opiniões, votos, a chamada impunidade. Então isso facilita o trabalho parlamentar. Eu estou gostando muito de atuar como parlamentar no Estado da Paraíba. De apontar e fiscalizar os desmandos do Poder Executivo, antes eu não podia fazer senão eu era perseguido. E de ajudar com a criação de políticas públicas para melhorar a vida da população paraibana”, declarou.

Wallber Virgolino disse que se sente muito mais útil na qualidade de político, porque de forma efetiva consegue ajudar diretamente ao povo, do que na qualidade de policial.

“São duas experiências distintas, mas para o meu primeiro mandato eu estou me sentindo bem, me sentindo adaptado na Asembleia Legislativa da Paraíba e trabalhando muito em prol do povo”, afirmou.

O deputado, que além de delegado também atuou como secretário da Administração Penitenciária na Paraíba e como secretário da Segurança Pública no Rio Grande do Norte, disse que criou algumas estratégias para dinamizar ainda mais sua atuação parlamentar e cumprir seus objetivos como representante do povo na ALPB.

“A principal estratégia é não criar atritos desnecessários dentro da Casa, agir com maturidade, agir com coerência, com responsabilidade. E eu acho que eu venho conseguindo implementar essa metodologia de trabalho. Espero que nos próximos três anos eu consiga manter essa média de produção legislativa e de atuação. Eu acho que eu tenho atuado bem dentro da Casa, usado bem a tribuna, de forma ponderada e no momento certo”, comentou.

O deputado disse ainda que tem estudado o Regimento Interno da ALPB de ponta a ponta, para utilizar tudo que o Parlamentar tem direito e fazer o seu trabalho seguindo as normas legais.

“Eu particularmente, avalio minha atuação de forma satisfatória, é uma atuação que supera as expectativas de quem votou em mim e estou gostando muito de ser parlamentar. É uma função importantíssima. Até há pouco tempo era desvalorizada, mas nós estamos conseguindo colocar o Poder Legislativo em pé de igualdade com o Judiciário, com o Executivo e até com o Ministério Público que não é Poder, mas se considera um Poder. Então espero, continuar trabalhando do jeito que a gente vem trabalhando, para que a população crie mais confiança no nosso trabalho e a gente consiga ajudar de forma mais rápida, eficaz e efetiva”, declarou.

Com mais de 1.200 proposituras Virgolino ressaltou que é, comprovadamente, através das estatísticas da própria ALPB o deputado mais atuante, de toda a história da Casa.

“Eu digo isso proporcionalmente, em relação a esse primeiro ano, que eu sou o mais atuante. Eu não me considero o mais atuante, quem diz é a ALPB, a minha produção ultrapassa todos os deputados de todos os tempos, inclusive Ricardo Coutinho, que se diz o mais trabalhador de todos os tempos”, argumentou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Legislativo
Comentários estão fechados.

Veja Também

Governo do Estado nega pagamento a Livânia Farias e aponta erro em sistema

A Secretaria de Estado da Administração do Governo do Estado da Paraíba divulgou um comuni…