O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino, disse que não teve nenhuma surpresa com o anúncio da saída do PSB feito pelo governador João Azevêdo. Ele também declarou que entende as razões de Ricardo Coutinho e as de João em relação ao rompimento entre o gestor e o ex-gestor.

“Para mim nenhuma surpresa. Pelo andar da ‘carroagem’, mais dia, menos dia, isso iria acontecer. Infelizmente isso é ruim para o PSB. Para ser bem franco e sincero, assisto razão nos dois lados. Se você ouvir as razões de Ricardo, a ele assiste uma certa razão. Se você ouvir o lado de João, assiste razão a João também em querer sair do PSB porque não existe mais condição de conviver no partido”, disse Adriano Galdino em entrevista ao Arapuan Verdade, da rádio Arapuan, nesta terça-feira (3).

Ele explicou também que sairá do partido, mas que isso já estava decidido antes da saída definitiva do governador. Adriano Galdino quer ser presidente da outra legenda que escolher.

“A decisão de sair do PSB eu tomei bem antes. Tem a premissa também de que só irei para outro partido na condição de ser presidente. Se esse partido tiver o governador João, melhor ainda. Mas se não for possível ir para um partido para ser presidente é claro que o governador é João, então quem deve ser presidente desse partido é uma pessoa dele ou uma pessoa ligada a ele. Entenderei perfeitamente. Agora, só vou para um partido, independente se o governador esteja ou não, na condição de presidente.” Finalizou.

 

 

Da redação com Click PB

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

Governo do Estado nega pagamento a Livânia Farias e aponta erro em sistema

A Secretaria de Estado da Administração do Governo do Estado da Paraíba divulgou um comuni…