Chefe do Executivo assina decreto para proteção de pessoas que denunciam casos de corrupção no governo.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou decreto, nesta terça-feira (3), para proteção de pessoas que denunciam casos de corrupção e irregularidades no governo.

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, afirmou que a ideia é impedir que seja compartilhada a identidade do denunciante para evitar retaliações.

Segundo o ministro Rosário a intenção do decreto assinado pelo o presidente é evitar que outra pessoa saiba quem denunciou.

“A gente vai conseguir evitar que outra pessoa saiba quem denunciou. O órgão [de ouvidoria] que recebeu a informação vai manter o controle sobre essa informação.” Declarou.

A identidade só será compartilhada com órgãos de investigação, como Ministério Público e Polícia Federal (PF), se houver justificativa, acrescentou Rosário.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeita de Ouro Velho parte na frente e autoriza Transição

A Prefeita de Ouro Velho, Natalia de Dr. Junior, autorizou por meio de Decreto Municipal s…