A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) firmaram, o “Pacto pelo Aperfeiçoamento do Controle Interno”, proposto pelo Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB).

A solenidade, que contou com a presença do prefeito Vitor Hugo e do coordenador do Focco, o promotor de Justiça Leonardo Quintans, aconteceu no auditório Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Cabedelo (Ipsemc) e reuniu secretários municipais, vereadores e representantes do Tribunal de Contas do Estado, da Promotoria de Cabedelo e do Ministério Público Federal e da procuradoria Geral da União.

Cabedelo, desde 2014, possui uma Controladoria Interna, responsável por assistir o Poder Executivo em assuntos que sejam relativos à legalidade dos processos que tramitam na Prefeitura de Cabedelo, sejam eles licitações, convênios e contratos diversos. Além disso, atua na defesa do patrimônio público, na coordenação do Portal da Transparência, assim como em auditorias e prevenção e combate à corrupção.

“Desde o momento em que assumi o mandato convivemos com a insegurança e a incerteza diante dos desafios que se apresentavam frente a uma extensa lista de desmandos na administração da coisa pública. Deparamo-nos, por exemplo, com a criação de cargos fantasmas. Num primeiro momento, além de exonerar pessoas, também extinguimos cargos para provocar um choque de gestão e combatermos a sangria nos cofres da PMC. Hoje, os recordes de arrecadação, cremos, devem-se a credibilidade que conseguimos implantar. A assinatura do Pacto é mais um passo que damos nesse processo de transformação da cidade, contando com a orientação e a ajuda do órgãos de fiscalização e controle”, declarou o prefeito Vitor Hugo.

O Pacto objetiva dar mais efetividade e independência aos órgãos municipais responsáveis pelo acompanhamento e fiscalização da administração pública, evitando e combatendo erros e atos de corrupção. Além de propor o compromisso aos gestores, o Focco, através de seus órgãos integrantes, tem prestado assessoria e o apoio necessários para a construção, a criação e a estruturação dos órgãos municipais, e, a partir do pacto firmado, o acompanhamento das atividades.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Wallber Virgolino promete armar guarda municipal de João Pessoa “A Guarda Municipal será um braço armado do município”

O delegado Wallber Virgolino (Patriota), candidato à Prefeitura de João Pessoa, prometeu q…