O governo Jair Bolsonaro está acertando os detalhes finais de uma reformulação para turbinar o programa Bolsa Família.

A mudança que já está definida, segundo o jornal Estadão, é que o programa será ampliado para atender a jovens de até 21 anos e conceder valores maiores aos beneficiários.

A principal ideia por trás da reformulação do Bolsa Família é dividir o programa em três:

  • Benefício Cidadania – dado às famílias de baixa renda;
  • Benefício Primeira Infância – para crianças de até 3 anos e
  • Benefício a Crianças e Jovens – contemplando jovens de até 21 anos.

Além disso, também está sendo planejado criar um extra para valorizar a “meritocracia”: seria um prêmio para crianças que tivessem sucesso em olimpíada de conhecimento, passarem de ano e obtiveram destaque no esporte.

Bolsa Família é o mais importante programa social do Brasil voltado para a população de baixa renda.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

ATITUDE LAMENTÁVEL: Candidata a Vice-Prefeita em Ouro Velho chama à população de ‘Porcos’

A candidata à vice-prefeita na chapa encabeçada pela Irmã Paula, Professora Camila, em sua…