O ex-presidente Lula reclamou, neste domingo (08), do aumento no preço da carne no país. Ele fez críticas à imprensa e comemorou a não aprovação integral do projeto anti-crime na Câmara dos Deputados. “Tinha como objetivo condenar preto, jovem e pobre nesse país. Era quase uma ordem para matar as pessoas”, opinou.

O petista elogiou setores da esquerda que se mobilizaram contra o projeto elaborado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. “Quero parabenizar os partidos de esquerda que tiveram um comportamento de conquistar avanços importantes para diminuir o apetite miliciano”, destacou.

Lula ainda fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro e elogiou o Congresso Nacional por barrar projetos do Governo Federal. “Está lá a representação oficial da sociedade brasileira”, disse.

 

Da redação com o Poder 360

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Bolsonaro manda demitir número 2 da Casa Civil que usou avião da FAB

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir Vicente Santini do cargo de secretário-executi…