O líder do Pros na Câmara, Toninho Wandscheer, também disse a O Antagonista que Jair Bolsonaro não vai vetar o fundo eleitoral de 2 bilhões de reais, porque a orientação para aprovar esse valor “veio do governo”.

Alegar que o veto implicaria crime de responsabilidade, na opinião do deputado, é “desculpa” do presidente para “deixar o Congresso como o responsável” pelo fundão.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

PSDB vai instaurar procedimento para expulsar prefeito da Paraíba flagrado com dinheiro na cueca

O PSDB nacional decidiu instaurar um procedimento ético-disciplinar contra o prefeito da c…