O líder do Pros na Câmara, Toninho Wandscheer, também disse a O Antagonista que Jair Bolsonaro não vai vetar o fundo eleitoral de 2 bilhões de reais, porque a orientação para aprovar esse valor “veio do governo”.

Alegar que o veto implicaria crime de responsabilidade, na opinião do deputado, é “desculpa” do presidente para “deixar o Congresso como o responsável” pelo fundão.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

Justiça intima grupo de Genivaldo Tembório à retirar pesquisa fake das redes sociais

Na tarde da última quinta-feira (22), a Coligação Mudar Para Crescer que tem como candidat…