Parlamentares do PT desmentiram no Twitter a nova “fake news” do presidente da extrema-direita. A presidenta nacional do partido, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), foi enfática ao rebater Bolsonaro. “Não se iludam! Não teve aumento para o Salário Mínimo. O valor de R$ 1.039,00 em 2020 considera expectativa de inflação de dezembro (preço da carne) e reposição de 2019, quando o reajuste ficou abaixo da inflação.

Se a política do PT fosse mantida, o SM seria de $ 1.053,00”, explicou.Ainda segundo Gleisi, ao não garantir aumento real para o mínimo, o governo retira “de trabalhadores e beneficiários do INSS R$ 8,7 bilhões em 2020, prejudicando 49 milhões de pessoas e dificultando a recuperação da economia”.

O líder da bancada petista na Câmara, Paulo Pimenta (PT-RS), lembrou que a revogação da política de reajustes do PT foi uma das consequências do golpe contra a presidenta Dilma Rousseff em 2016. “Salário-mínimo seria hoje de R$ 1053 se não tivessem derrubado o governo Dilma com um golpe. A gasolina não estaria nem perto de R$ 4. O gás seria vendido pela metade do preço de hoje.

Nossas riquezas não seriam vendidas a preço de banana. E não haveria terraplanista no governo”, ironizou o deputado gaúcho.O deputado Zeca Dirceu (PT-PR) também expôs o contexto mais amplo da economia para criticar a decisão do governo Bolsonaro. “Bolsonaro sabe que a inflação está aumentando – olhem o preço da carne, gás, combustível – e sabe que havia estabelecido um reajuste abaixo da inflação.

Se a política dos governos do PT de valorização do salário mínimo tivesse sido mantida, em 2020 seria R$ 1.053!”, argumenta Zeca.

Histórico

A deputada Margarida Salomão (PT-MG) recuperou o histórico do mínimo e recordou que ele “saltou de R$ 260 reais em 2004 para R$ 880 em 2016”, durante as gestões do PT.“Foram muitos anos de aumento real. Agora, nas mãos de Guedes mão de tesoura, é mínima a possibilidade de uma nova política de valorização do mínimo”, ressaltou a parlamentar.

Colega de Margarida Salomão na bancada mineira, o deputado Rogério Correia (PT-MG) usou a hashtag #BolsonaroMENTIROSO para se manifestar sobre o assunto. “Com PT o reajuste do salário mínimo seria a inflação mais crescimento do PIB!”, explicou Correia.

Diferença

Em sua publicação, Rogério Correia postou matéria do portal Poder360 com um cálculo equivocado sobre o valor que deveria ter o mínimo em 2020.Em vez de R$ 1.045,61, como diz o site, o valor correto seria R$ 1.053.

O número diferente apresentado pelo portal ocorreu por dois motivos: primeiro porque não repõe o que ficou abaixo da inflação no reajuste de 2019 e depois porque usa um INPC menor, com o acumulado de 12 meses até novembro, quando o correto seria usar a estimativa para dezembro, que considera o impacto do forte aumento da carne. Foi essa estimativa que o governo usou no cálculo que levou Bolsonaro a mentir.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Jair Bolsonaro destina crédito suplementar de R$ 15 milhões para obra de adequação da BR-230 na Paraíba

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), por meio do Ministério da Infraestrutura, desti…