O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse que ataques com mísseis de Teerã contra alvos dos Estado Unidos no Iraque foram “um tapa na cara dos americanos”

O Irã lançou mais de uma dúzia de mísseis contra alvos dos EUA em uma retaliação pela morte do comandante iraniano Qassem Soleimani em um ataque por drone dos EUA na semana passada. As duas bases atacadas no Iraque abrigam forças americanas e iraquianas.

“Uma ação militar como essa não é suficiente. O importante é acabar com a presença corrupta da América na região”, disse Khamenei em um discurso televisionado.

“Esta região não aceitará a presença da América”, disse ele, renovando a antiga demanda de Teerã por Washington para retirar suas forças.

Khamenei também descartou qualquer retomada das negociações com Washington sobre o acordo nuclear de 2015.

Os Estados Unidos se retiraram do pacto entre Teerã e as potências mundiais em 2018 e, desde então, impuseram novas sanções duras, reduzindo as exportações de petróleo do Irã e martelando sua economia.

O Irã reduziu seus compromissos com o pacto nuclear após o assassinato de Soleimani.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Edilma Freire promete construir Restaurante Popular no Valentina Figueiredo

A candidata a prefeita de João Pessoa pelo Partido Verde (PV), Edilma Freire, esteve com a…