O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL) lamentou o envolvimento de membros da Polícia Militar da Paraíba na organização criminosa revelada pelas investigações da Operação Calvário, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba.

Para o parlamentar, é complicada a situação do comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves.

“A estrutura da PM foi utilizada para dar escolta a dinheiro de propina na Paraíba. A situação é insustentável”, disse o deputado.

“Em um estado sério, ou cairia o comandante geral ou o próprio governador. É inimaginável que enquanto a população fica desguarnecida de policiamento, a organização criminosa conte com serviço de escolta para transportar o dinheiro sujo da propina”, lamentou o parlamentar.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Ruy Carneiro apresenta propostas e defende implantação do conceito de cidade inteligente

A tônica do pré-candidato Ruy Carneiro foi de propostas durante o debate da TV Arapuan, ne…