O Senado dos Estados Unidos recebeu formalmente nesta quinta-feira (16) as acusações de impeachment contra o presidente Donald Trump. A cerimônia marcou o início oficial do julgamento que decidirá se o republicano deve ser afastado do poder — algo improvável, uma vez que o partido governista detém a maioria dos senadores.

Apesar da abertura oficial nesta quinta, os passos do julgamento só devem começar na próxima semana. Por isso, questões centrais — como se testemunhas vão depor ou não no julgamento — continuam no ar.

Um representante da Câmara, Adam Schiff, leu no Senado os termos da acusação (leia mais abaixo quais são elas). A cerimônia ocorreu um dia depois de a Câmara dos Deputados, de maioria democrata, autorizar o envio do processo aos senadores, encaminhando o início do terceiro julgamento de impeachment de um presidente norte-americano na semana que vem.

A cerimônia, e não a substância, dará o tom dos procedimentos desta quinta-feira (16), quando os vários “promotores” da Câmara que processam Trump apresentarão os artigos de impeachment ao Senado.

O Senado convidará o presidente da Suprema Corte, John Roberts, a ir à Casa às 16h (horário de Brasília) para fazer o juramento como presidente do julgamento. A seguir os cem senadores prestarão juramento e o Senado notificará a Casa Branca a respeito do julgamento iminente de Trump.

Seguindo essencialmente os alinhamentos partidários, a Câmara dos Deputados aprovou por 228 a 193 encarregar o Senado de julgar o presidente republicano devido a acusações de abuso de poder por pedir à Ucrânia para investigar o rival político Joe Biden e de obstrução de Congresso por barrar depoimentos e documentos solicitados pelos parlamentares democratas.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Legislativo
Comentários estão fechados.

Veja Também

Secretário de Saúde confirma primeiro caso de coronavírus no Cariri paraibano

A Secretaria de Estado da Saúde, através do secretário Geraldo Medeiros, confirmou na noit…