O governador João Azevêdo Lins Filho (Sem Partido) anunciou, o reajuste linear de 5% para os servidores efetivos ativos, inativos e pensionistas das administrações direta e indireta do Estado.

O valor fixado pela gestão estadual supera a alta da inflação e da arrecadação do ano passado e representa o maior aumento salarial em relação aos demais estados, uma vez que o Espírito Santo e o Paraná estabeleceram índices de 3,5% e 2%, respectivamente, e os demais não concederão ou ainda não definiram o percentual de reajuste.

Durante solenidade de posse dos mil concursados do magistério, o chefe do Executivo estadual também assegurou os reajustes do salário mínimo e do piso do magistério. As medidas econômicas irão gerar um impacto superior a R$ 340 milhões na folha de pessoal em 2020.

Em sua fala, o governador João Azevêdo ressaltou o esforço da gestão estadual para iniciar a recomposição do poder aquisitivo do funcionalismo e contemplar todos as categorias de servidores, incluindo os inativos. “Nós estamos tendo a preocupação com o cidadão que se aposenta, com o reformado da polícia, com os pensionistas que estão há mais de cinco anos sem receber reajuste. O percentual de 5% torna a Paraíba como o único estado do Brasil a dar um aumento linear nesse patamar, recuperando a capacidade da base salarial e demonstrando respeito a todos os que dedicaram sua vida inteira ao serviço público. Eu digo com toda tranquilidade que vamos fazer mais pelo funcionalismo este ano do que no ano passado, o que é fundamental para manter as estruturas funcionando”, frisou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

‘Se for candidato, serei para cuidar dos que mais precisam’, afirma Cícero Lucena

O ex-senador Cícero Lucena (Progressistas) decide em 15 dias se será candidato à Prefeitur…