O período de volta às aulas é sempre muito esperado pelas crianças e adolescentes em fase de educação escolar. Para alguns pais, o tema pode trazer um pouco de apreensão quando os filhos em questão têm autismo ou Síndrome de Down. A falta de inclusão, de tutores com experiência ou até mesmo a falta de interesse das instituições de ensino em acolher esse público – que possui direito à educação assegurado por lei como todo mundo – pode acabar dificultando a educação do estudante que tem deficiência intelectual ou cognitiva.

No Espaço Novo Olhar, jovens e crianças recebem aulas de reforço e extracurriculares (culinária, teatro, judô, artes plásticas e informática) para complementar a educação formal. Neste ambiente inclusivo, pessoas com autismo e Síndrome de Down convivem com outros alunos que não possuem limitações cognitivas ou intelectuais, o que gera resultados benéficos para que os estudantes desenvolvam tolerância e respeito no convívio em sociedade. No caso dos alunos que não possuem deficiência, eles recebem orientação pedagógica do Espaço Novo Olhar para melhorar o desempenho na escola regular.

A professora Ana Sofia Maia, que dirige o Novo Olhar, fala sobre os benefícios de estudar em um ambiente inclusivo. “Estudar em um lugar como esse é maravilhoso. Os estudantes ajudam uns aos outros e aprendem juntos. Os colegas acabam servindo como exemplos de comportamento e de conquistas para sua idade. É um espaço onde todos podem se desenvolver socialmente e emocionalmente”, destacou.

Sobre o Espaço Novo Olhar 

O Espaço Novo Olhar está sediado em João Pessoa desde 1999. É dirigido por Ana Sofia Maia, professora, psicopedagoga e psicóloga com 43 anos de carreira. O objetivo do espaço educativo é oferecer reforço escolar para pessoas com deficiência e que têm dificuldade de aprendizado nas escolas regulares.

As atividades desenvolvidas vão desde a alfabetização até aulas complementares de teatro, culinária, judô, artes plásticas e informática que contribuem para o desenvolvimento de habilidades psicomotoras e socialização.

É possível obter mais informações através dos telefones (83) 3243-0088 e (83) 9 9999-2883 e também presencialmente com a equipe do Espaço Novo Olhar, que fica localizado na Avenida Rio Grande do Sul, 370, bairro dos Estados.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Procuradoria da ALPB emitirá parecer favorável a impeachment de João Azevêdo

A Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa da Paraíba, deverá emitir nos próximos dias…