Representantes do Ministério Público Federal (MPF) e da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB-PB) se reuniram, nesta sexta-feira, para debater a formatação do Observatório de Candidaturas Políticas Femininas na Paraíba. O encontro, que contou com as presenças das advogadas Anna Caroline Lopes, Francisca Leite Duarte e Adriana Rodrigues, além do procurador regional eleitoral Rodolfo Alves Silva, foi realizado na sede do MPF em João Pessoa.

O objetivo principal do observatório, idealizado pela OAB, é promover a participação real e efetiva de mulheres nas eleições municipais deste ano no estado, evitando candidaturas laranjas, de fachada. Será criado um canal de denúncias e de monitoramento das candidaturas femininas registradas.

“É uma iniciativa louvável essa que a OAB nos trouxe para debatermos. O Ministério Público Eleitoral apoia a causa. Vamos somar esforços para que possamos formatar o observatório da melhor maneira possível”, declarou Rodolfo Alves, que apresentará o projeto, com a OAB, ao procurador-geral de Justiça (MPPB), Francisco Seráphico, nos próximos dias. A intenção dos órgãos é dar conhecimento do observatório a todos os promotores eleitorais e fazer com que a população dos 223 municípios paraibanos tenha consciência da importância da mulher no cenário político.

Lançamento – O lançamento oficial do Observatório de Candidaturas Políticas Femininas na Paraíba será no dia 13 de fevereiro próximo, a partir das 10 horas, na sede da OAB em João Pessoa. Serão convidados representantes de partidos políticos e de órgãos do sistema de Justiça, além de mulheres com mandatos eletivos, entre outras.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Presidente do TSE alerta sobre cuidados sanitários na campanha e pede debate sem ódio e sem mentiras

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, alertou …