O governador João Azevêdo Lins Filho (Cidadania) teve a confirmação que outros partidos do denominado “campo democrático” que tem visão mais de esquerda, não pretendem abandonar o apoio à gestão agora que anunciou sua ida para o partido Cidadania, antigo PPS.

De acordo com o diretório estadual da Rede, o partido vai se reunir ainda nesta semana e deve colocar a discussão em pauta, mas não deve mudar o comportamento diante do cenário atual.

“A gente tem um alinhamento muito grande com o Cidadania. Nós não vemos como impedimento que a gente possa construir algo positivo pela Paraíba. O governador vai unir forças para continuar o processo” disse o presidente da Rede na Paraíba, Gerson Vasconcelos.

Da mesma forma, a presidente do PMN Lídia Moura disse que não há alteração por conta da mudança de partido de João.

“Se servia para uma eleição lá atrás, proporcional e majoritária, não há o que se debater uma nova formação. É um partido que corrobora com as pautas que defendemos”, disse.

Gregória Benário, presidente do PCdoB, também acredita que a sigla manterá alinhada com Azevêdo.

” Vamos ver como o governador vai se comportar no novo partido. Espera-se que ele vá fazer oposição a Bolsonaro. Então, a preço de hoje não há nenhuma alteração”, concluiu.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Governo Bolsonaro fortalece Polícia Rodoviária Federal com novas viaturas e armamentos

O Presidente Jair Bolsonaro entregou, à Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no …