A Ministra Laurita Vaz despachou, no processo do habeas corpus do ex Ricardo Coutinho e encaminhou os autos para vistas do Ministério Público Federal.
Segundo o despacho, Laurita aguardará o parecer para decidir se o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) volta para a cadeia ou permanece solto.

Não há prazo determinado para a PGR se pronunciar, mas é esperado que o parecer saia num prazo bem curto, tendo em vista, a grande repercussão dos crimes investigados na Operação Calvário.

Pra entender – Em 24 de dezembro de 2019, após a decisão de Napoleão, a ministra Maria Thereza Moura, vice-presidente do STJ, já havia decidido que, findo o recesso do Judiciário, os autos fossem remetidos para apreciação da relatora, a ministra Laurita.

O último parecer da Procuradoria-Geral da República foi pelo retorno de Ricardo Coutinho e os demais para a prisão. O pedido foi protocolado, após a liminar de soltura dada por Napoleão. Todos os pedidos anteriores de integrantes da organização criminosa de pedido de soltura foram negados por Laurita Vaz antes do recesso.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Judiciário
Comentários estão fechados.

Veja Também

Secretário de Saúde confirma primeiro caso de coronavírus no Cariri paraibano

A Secretaria de Estado da Saúde, através do secretário Geraldo Medeiros, confirmou na noit…