O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) responderam, ao pedido do relator da Operação Calvário no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, de informações sobre os presos que solicitaram soltura à Corte.

Na semana passada, Mendes tinha solicitado à justiça da Paraíba e ao STJ “informações, com urgência” sobre os processos referentes a quatro presos da investigação do Ministério Público.

São eles: o irmão do ex-governado Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, os ex-secretários do Estado, José Arthur Viana Teixeira e Waldson Souza, e o empresário Vlademir Neiva. Todos foram presos no dia 17 de dezembro do ano passado na sétima fase da Operação Calvário.

Eles são acusados de integrarem a organização criminosa chefiada pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que teria desviado pelo menos R$ 134 milhões da Saúde e Educação através de contratos com organizações sociais.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Veja o vídeo: Ministério Público Federal deve abrir inquérito contra Prefeitura da Prata

A utilização de equipamentos fornecidos pelo governo federal aos municípios, por meio do P…