O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) responderam, ao pedido do relator da Operação Calvário no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, de informações sobre os presos que solicitaram soltura à Corte.

Na semana passada, Mendes tinha solicitado à justiça da Paraíba e ao STJ “informações, com urgência” sobre os processos referentes a quatro presos da investigação do Ministério Público.

São eles: o irmão do ex-governado Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, os ex-secretários do Estado, José Arthur Viana Teixeira e Waldson Souza, e o empresário Vlademir Neiva. Todos foram presos no dia 17 de dezembro do ano passado na sétima fase da Operação Calvário.

Eles são acusados de integrarem a organização criminosa chefiada pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que teria desviado pelo menos R$ 134 milhões da Saúde e Educação através de contratos com organizações sociais.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Secretário de Segurança da PB confirma aumento no número de assaltos e arrombamentos durante quarentena

O secretário de Segurança e Defesa Social da Paraíba, Jean Francisco Nunes, confirmou que …